Portal NFL

Voluntários brasileiros recebem as primeiras doses da CoronaVac

Vacina desenvolvida na China tornou 90% das pessoas testadas imunes à covid-19
Voluntários brasileiros recebem as primeiras doses da CoronaVac
VACINA: a meta é fazer a imunização pelo Sistema Único de Saúde no começo de 2021 (Dado Ruvic/Reuters)
140

Voluntários brasileiros recebem as primeiras doses da CoronaVac

A semana começa com uma boa notícia no combate à covid-19. A partir desta segunda-feira, 20, voluntários de seis estados vão receber as doses da vacina do laboratório chinês Sinovac, chamada CoronaVac. A aplicação faz parte dos testes de comprovação da eficácia do produto e é liderada no Brasil pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

Ao todo, 9.000 pessoas vão participar da testagem em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. O Instituto Butantan não divulgou quantas pessoas fazem parte desta primeira fase do ensaio clínico.

A seleção dos voluntários ainda está sendo feita pelos pesquisadores. Podem participar profissionais de saúde que trabalham diretamente no atendimento a pessoas com covid-19. Este critério é muito importante porque os participantes precisam estar expostos aos vírus.

A vacina é uma das mais promissoras do mundo. Atualmente está na chamada fase 3 em que um grande número de pessoas participa do estudo para validar se ela é eficaz. Para isso, metade dos voluntários recebe a vacina e a outra um placebo. Após um mês, os cientistas analisam como cada grupo reagiu.

Nas etapas anteriores, cerca de 1.000 voluntários na China receberam doses da vacina e os resultados mostraram que 90% das pessoas ficaram imunes ao SARS-CoV-2 em 14 dias. Além disso, não apresentaram efeitos colaterais significativos.

O acordo entre o governo de São Paulo e o laboratório chinês prevê a transferência de tecnologia e a produção da vacina em território nacional. O Instituto Butantan está fazendo uma adaptação em sua fábrica para ter capacidade de produzir 100 milhões de doses.

Caso os resultados sejam positivos, o acordo ainda estabelece que a Sinovac envie 60 milhões de doses ao Instituto Butantan. A meta é fazer a imunização pelo Sistema Único de Saúde no começo de 2021.

Por Gilson Garrett Jr


Quer conhecer pontos pontos turísticos na America Latina ou em qualquer outro lugar no mundo? Visite nosso site. Compre sua passagem com preços especiais e tranquilidade,  nós recomendamos. hospedagem de qualidade, com todo conforto e com preço justo para qualquer lugar do mundo!  Queremos que conheça as melhores rotas para ir de onde você está para onde você quer chegar de carro,  bicicleta, a pé, avião ou em transporte turístico. Ligue para os lugares que você planeja ir em sua visita para confirmar se estão abertos. Hoje em dia a maioria das pessoas fazem seu seguro viagem para poder viajar com tranquilidade e segurança, e não perca a conexão, nem a oportunidade de enviar em tempo real suas fotos,  clique aqui e viaje conectado.

OUVIR NOTÍCIA

A semana começa com uma boa notícia no combate à covid-19. A partir desta segunda-feira, 20, voluntários de seis estados vão receber as doses da vacina do laboratório chinês Sinovac, chamada CoronaVac. A aplicação faz parte dos testes de comprovação da eficácia do produto e é liderada no Brasil pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

Ao todo, 9.000 pessoas vão participar da testagem em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul e Distrito Federal. O Instituto Butantan não divulgou quantas pessoas fazem parte desta primeira fase do ensaio clínico.

A seleção dos voluntários ainda está sendo feita pelos pesquisadores. Podem participar profissionais de saúde que trabalham diretamente no atendimento a pessoas com covid-19. Este critério é muito importante porque os participantes precisam estar expostos aos vírus.

A vacina é uma das mais promissoras do mundo. Atualmente está na chamada fase 3 em que um grande número de pessoas participa do estudo para validar se ela é eficaz. Para isso, metade dos voluntários recebe a vacina e a outra um placebo. Após um mês, os cientistas analisam como cada grupo reagiu.

Nas etapas anteriores, cerca de 1.000 voluntários na China receberam doses da vacina e os resultados mostraram que 90% das pessoas ficaram imunes ao SARS-CoV-2 em 14 dias. Além disso, não apresentaram efeitos colaterais significativos.

O acordo entre o governo de São Paulo e o laboratório chinês prevê a transferência de tecnologia e a produção da vacina em território nacional. O Instituto Butantan está fazendo uma adaptação em sua fábrica para ter capacidade de produzir 100 milhões de doses.

Caso os resultados sejam positivos, o acordo ainda estabelece que a Sinovac envie 60 milhões de doses ao Instituto Butantan. A meta é fazer a imunização pelo Sistema Único de Saúde no começo de 2021.

Por Gilson Garrett Jr


Quer conhecer pontos pontos turísticos na America Latina ou em qualquer outro lugar no mundo? Visite nosso site. Compre sua passagem com preços especiais e tranquilidade,  nós recomendamos. hospedagem de qualidade, com todo conforto e com preço justo para qualquer lugar do mundo!  Queremos que conheça as melhores rotas para ir de onde você está para onde você quer chegar de carro,  bicicleta, a pé, avião ou em transporte turístico. Ligue para os lugares que você planeja ir em sua visita para confirmar se estão abertos. Hoje em dia a maioria das pessoas fazem seu seguro viagem para poder viajar com tranquilidade e segurança, e não perca a conexão, nem a oportunidade de enviar em tempo real suas fotos,  clique aqui e viaje conectado.

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Entretenimento
A busca do tema gerador na práxis da Educação Popular
A busca do tema gerador na práxis da Educação Popular
VISUALIZAR
Sociedade
Volkswagen quer “massificar” carros elétricos com o compacto ID.3
Volkswagen quer “massificar” carros elétricos com o compacto ID.3
VISUALIZAR
Sociedade
Carta de mil padres com críticas a Bolsonaro esquenta racha político na Igreja
Carta de mil padres com críticas a Bolsonaro esquenta racha político na Igreja
VISUALIZAR
Sociedade
Ex-Lava Jato pode responder na Justiça por suposto uso de laranja na contratação de outdoor
Ex-Lava Jato pode responder na Justiça por suposto uso de laranja na contratação de outdoor
VISUALIZAR
Sociedade
Jornalista recebe desculpas de Bolsonaro, mas diz que manterá ação judicial
Jornalista recebe desculpas de Bolsonaro, mas diz que manterá ação judicial
VISUALIZAR
Entrevistas
Milton Nascimento sobre o governo Bolsonaro: “Bicho, que pesadelo é esse? É uma tragédia...
Milton Nascimento sobre o governo Bolsonaro: “Bicho, que pesadelo é esse? É uma tragédia sem parâmetro”
VISUALIZAR