Portal de Notícias Fronteira Livre

MENU
Logo
Sexta, 25 de junho de 2021
Publicidade
Publicidade

Rolê na Fronteira

Rotas para pedalar na periferia de Buenos Aires

Além dos destinos mais conhecidos, a periferia da capital está cheia de pedras preciosas que vale a pena descobrir. 

150
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Aproveitando o Dia Mundial da Bicicleta, hoje temos para você um belo convite à aventura que nos levará a viajar, em nossas bicicletas, estradas rurais perdidas e aldeias antigas na periferia da capital. Você está pronto?

Vamos pedalar!

Buenos Aires é uma grande província, não há dúvidas sobre isso. Mas mesmo assim, muito poucos viajantes se atrevem a percorrer as estradas e percorrer muitos dos caminhos que visitam as pequenas cidades no meio dos pampas de Buenos Aires. Além dos destinos mais conhecidos, a periferia da capital está cheia de pedras preciosas que vale a pena descobrir. 

A essência das viagens de bicicleta não é sobre longas distâncias ou tempo, mas, principalmente, sobre experiências intensas nas quais podemos nos conectar com o ambiente / Foto: Saro17, Canva Pro

 

1- Rota: Costanera Norte

É a ciclovia do relaxamento, aquela que nos convida a uma pedalada serena e reflexiva. Com o rio sempre à vista, ele atravessa as margens da cidade ao longo dos cinco quilômetros que o aeroporto Jorge Newbery ocupa. Separada das áreas de pedestres e carros, a rota foi traçada ao longo da calçada para evitar o tráfego intenso da avenida. Ele começa em Sarmiento e termina no Parque de la Memoria em uma rota para ver aviões e admirar a beleza de um rio que se parece com um mar por causa de sua extensão infinita. 

Pontos de interesse: 

Fishermen's Club, a pista Aeroparque, a nova área projetada para esportes radicais, e os "carritos" (carrinhos de comida em versão local) para comer choripanes, hambúrgueres e sanduíches de bondiola (carne de porco).

Do começo ao fim:

Funciona desde Costanera Ave. a altura de Sarmiento até Güiraldes Ave. a altura de Monroe em Belgrano.

Quando ir:

De segunda a sexta-feira, de preferência durante o dia (à noite, geralmente é muito solitário). Aos sábados e domingos costuma ser o caos e o trânsito, evite.

Na rota Costanera Norte você encontrará bancos para descansar, bebedouros e bicicletários / Foto: Fonte

 

2-  Rota: Libertador - Figueroa Alcorta

Esta rota é a mais amigável, mais verde e mais longa: começa em Retiro e termina na Avenida General Paz, na fronteira entre a Cidade e a Província de Buenos Aires. Ela atravessa a parte mais bela e distinta da cidade e também a mais verde: onde estão os Bosques de Palermo. É também a melhor conexão para conhecer o bairro de Belgrano.

Pontos de interesse:

Os jacarandás florescem na primavera ao longo de toda a avenida. A ponte que liga Libertador com Figueroa Alcorta em Pueyrredón. O Genéricos Floralis. O Bosque de Palermo. O Planetário. O Jardim Japonês. O Monumento aos Espanhóis no cruzamento com Sarmiento. E o Estádio Monumental de River Plate.

Do começo ao fim:

É muito longo e com muitas opções para passar, como um labirinto, mas sempre com uma saída. Começa em Retiro, e em Ugarteche bifurca: você pode continuar pela avenida ou entrar no Bosques de Palermo. Se você for pelo bosque, encontrará Figueroa Alcorta, se for pela Libertador, ela não pára até Barrancas de Belgrano.

Quando ir:

Ao entardecer (dependendo da época do ano: das 17h às 20h), quando a luz e as cores do céu transformam a caminhada em um cartão postal a não perder. É também uma bela caminhada a ser feita nas primeiras horas da noite. O conselho é sempre o mesmo: melhor nos dias de semana, para evitar o colapso dos fins de semana.

A Ruta Libertador - Figuerona Alcorta atravessa a parte mais bela e distinta da cidade e também a mais verde / Foto: Mauro_Repossi, Canva Pro

 

Dica de viagem: Para explorar novas cidades e reduzir sua pegada de carbono, opte por passeios de bicicleta, excursões para caminhadas e experiências gastronômicas locais.

3- Uribelarrea Rota

Esta é sua primeira vez em um passeio de bicicleta turístico? Inscreva-se no passeio de Cañuelas a Uribelarrea, uma pequena cidade com 900 habitantes, que se tornou há alguns anos um dos destinos favoritos para uma escapada de domingo. Você já conhece? Volte de bicicleta. Nunca esteve lá? Você tem a melhor desculpa.

Pontos de interesse: 

Casas do final do século XIX, uma praça pitoresca e vários restaurantes e cervejarias tornaram famosa esta pequena esquina da província de Buenos Aires.

Você vai percorrer Uribe, que é uma cidade cinematográfica: "El Viejo Hucha", "Juan Moreira" e "Evita" foram filmados lá. Retorno pela linha do trem ou pela estrada até Panelo.

Do começo ao fim: 

O objetivo é chegar a Uribelarrea pela antiga rota 205.  A distância que você vai percorrer é de 45 km, por isso é aconselhável que você leve o dia inteiro para aproveitar o passeio.

Quando ir: 

De preferência em um fim de semana para que você possa tirar proveito da manhã à tarde. 

Uribelarrea é ideal para uma fuga, apenas a uma curta distância de Buenos Aires / Foto: Fonte

 

4- Rota do Tigre e do San Isidro

Tigre e San Isidro Bike Tour o leva ao norte por estradas sombreadas, visitando alguns museus, portos, monumentos e mercados. Sempre acompanhado por guias bilíngües que ao longo do dia lhe falarão sobre a história e a cultura desses lugares.

Pontos de interesse: 

Você visitará a área de San Isidro, San Fernando e sua Catedral. Ao chegar a Tigre, você visitará a tradicional área comercial "Puerto de Frutos", o Porto de Tigre, o tradicional calçadão de Victorica, o museu de arte de Tigre e o museu Sarmiento.

Do começo ao fim:

Partindo de nosso local em San Telmo, pegue o trem em Retiro para a estação de San Isidro onde você conhecerá seu bairro histórico, a catedral, suas casas coloniais e suas grandes mansões senhoriais do final do século XIX. 

Quando ir: 

De segunda a domingo, sempre que você quiser! Recomendamos trazer protetor solar e usar roupas apropriadas para o ciclismo.

Faça um passeio de bicicleta e aproveite o ar fresco, sons e cheiros da natureza de outra parte de Buenos Aires / Foto: Diegograndi, Canva Pro 

 

Dica de viagem: Reserve um passeio ecológico de bicicleta pela costa do Rio da Prata em Tigre e descubra a natureza tranqüila nos arredores de Buenos Aires com este divertido dia de ciclismo!

Créditos (Imagem de capa): Unir atividade física com contato direto com a natureza e a valorização dos recursos naturais e culturais que cada canto oferece / Foto: Fabio Cordeiro, Canva Pro

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade