A nova era da informação!

PF abre inquérito para apurar escândalo dos grupos de fake news no WhatsApp

A informação foi confirmada pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, atendendo solicitação de Raquel Dodge,
PF abre inquérito para apurar escândalo dos grupos de fake news no WhatsApp
26

PF abre inquérito para apurar escândalo dos grupos de fake news no WhatsApp

Por Revista Fórum

A informação foi confirmada pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, atendendo solicitação de Raquel Dodge, procuradora-geral da República

A Polícia Federal decidiu, neste sábado (20), instaurar inquérito para apurar o escândalo de propagação de mensagens em massa referentes à disputa presidencial, por parte de várias empresas ligadas a Jair Bolsonaro, de acordo com informações da Folha de S.Paulo.

A notícia foi ratificada por Raul Jungmann, ministro da Segurança Pública. Ele decidiu pela instauração da investigação, nos termos da solicitação feita por Raquel Dodge, procuradora-geral da República.

Dodge pediu a investigação para apurar com detalhes se empresas têm espalhado, de maneira estruturada, mensagens em massa em redes sociais a favor de Jair Bolsonaro (PSL) e contra Fernando Haddad (PT).

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

OUVIR NOTÍCIA

A informação foi confirmada pelo ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, atendendo solicitação de Raquel Dodge, procuradora-geral da República

A Polícia Federal decidiu, neste sábado (20), instaurar inquérito para apurar o escândalo de propagação de mensagens em massa referentes à disputa presidencial, por parte de várias empresas ligadas a Jair Bolsonaro, de acordo com informações da Folha de S.Paulo.

A notícia foi ratificada por Raul Jungmann, ministro da Segurança Pública. Ele decidiu pela instauração da investigação, nos termos da solicitação feita por Raquel Dodge, procuradora-geral da República.

Dodge pediu a investigação para apurar com detalhes se empresas têm espalhado, de maneira estruturada, mensagens em massa em redes sociais a favor de Jair Bolsonaro (PSL) e contra Fernando Haddad (PT).

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

Fonte

Por Revista Fórum

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Rolê na Fronteira
Turismo Religioso em Buenos Aires, na cidade do Papa
Turismo Religioso em Buenos Aires, na cidade do Papa
VISUALIZAR
Política
Bolsonaro estuda reeditar decreto de Temer que permite explorar minério em reserva da...
Bolsonaro estuda reeditar decreto de Temer que permite explorar minério em reserva da Amazônia
VISUALIZAR
Política
Vaza Jato mostra que heróis são “vampiros de Curitiba”
Vaza Jato mostra que heróis são “vampiros de Curitiba”
VISUALIZAR
Sociedade
Desigualdade rouba até 18 anos de expectativa de vida na América Latina
Desigualdade rouba até 18 anos de expectativa de vida na América Latina
VISUALIZAR
Sociedade
A demanda chinesa que ameaça o jumento brasileiro
A demanda chinesa que ameaça o jumento brasileiro
VISUALIZAR
Entretenimento
Batman completa 80 anos com uma HQ com cheiro de revolução
Batman completa 80 anos com uma HQ com cheiro de revolução
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )