Portal NFL

MPF denuncia coronel da reserva que incentivou intervenção militar. Leia a denúncia!

A acusação é ancorada na Lei de Segurança Nacional (7.170/83), que define o crime com pena prevista de 1 a 4 anos de prisão.
MPF denuncia coronel da reserva que incentivou intervenção militar. Leia a denúncia!
119

MPF denuncia coronel da reserva que incentivou intervenção militar. Leia a denúncia!

O Ministério Público Federal denunciou o coronel reformado Antônio Carlos Alves Correia pela prática do crime de incitação à animosidade entre as Forças Armadas e tribunais superiores. A acusação é ancorada na Lei de Segurança Nacional (7.170/83), que define o crime com pena prevista de 1 a 4 anos de prisão.

No dia 3 de outubro de 2018, o militar reformado disse que, se o então candidato Jair Bolsonaro não vencesse a eleição, uma intervenção militar iria tomar o poder no país.

“Hoje eu não tô sozinho, não... (sic) se Bolsonaro não ganhar, pode contar, a intervenção virá. O povo brasileiro vai pra Brasília exigir do comandante de plantão lá no alto comando do exército”, disse em vídeo no YouTube.

No total, Alves Correia gravou oito vídeos no YouTube em que incitava a animosidade entre as Forças Armadas e instituições civis. Sobretudo, o Poder Judiciário.

O coronel reformado foi alvo de mandado de busca e operação em 26 de outubro do ano passado e teve que passar a usar tornozeleira eletrônica por decisão da 5ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. Alves Correia também foi obrigado a manter distância de ao menos 5 quilômetro de distância dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

Conforme a denúncia do procurador da República José Maria Panoeiro, “embora seja legítimo ao cidadão comum restar inconformado com o comportamento de servidores públicos em geral, do presidente da República ao mais simples funcionário passando pelos Ministros das Cortes Superiores, o comportamento do denunciado foi muito além dos limites razoáveis para a crítica”.

Clique aqui para ler a denúncia do MPF

 

Quer conhecer pontos pontos turísticos na America Latina ou em qualquer outro lugar no mundo? Visite nosso site.Compre sua passagem com preços especiais e tranquilidade,  nós recomendamos. hospedagem de qualidade, com todo conforto e com preço justo para qualquer lugar do mundo!  Queremos que conheça as melhores rotas para ir de onde você está para onde você quer chegar de carro,  bicicleta, a pé, avião ou em transporte turístico. Ligue para os lugares que você planeja ir em sua visita para confirmar se estão abertos. Hoje em dia a maioria das pessoas fazem seu seguro viagem para poder viajar com tranquilidade e segurança, e não perca a conexão, nem a oportunidade de enviar em tempo real suas fotos,  clique aqui e viaje conectado.

 

OUVIR NOTÍCIA

O Ministério Público Federal denunciou o coronel reformado Antônio Carlos Alves Correia pela prática do crime de incitação à animosidade entre as Forças Armadas e tribunais superiores. A acusação é ancorada na Lei de Segurança Nacional (7.170/83), que define o crime com pena prevista de 1 a 4 anos de prisão.

No dia 3 de outubro de 2018, o militar reformado disse que, se o então candidato Jair Bolsonaro não vencesse a eleição, uma intervenção militar iria tomar o poder no país.

“Hoje eu não tô sozinho, não... (sic) se Bolsonaro não ganhar, pode contar, a intervenção virá. O povo brasileiro vai pra Brasília exigir do comandante de plantão lá no alto comando do exército”, disse em vídeo no YouTube.

No total, Alves Correia gravou oito vídeos no YouTube em que incitava a animosidade entre as Forças Armadas e instituições civis. Sobretudo, o Poder Judiciário.

O coronel reformado foi alvo de mandado de busca e operação em 26 de outubro do ano passado e teve que passar a usar tornozeleira eletrônica por decisão da 5ª Vara Criminal do Rio de Janeiro. Alves Correia também foi obrigado a manter distância de ao menos 5 quilômetro de distância dos ministros do Supremo Tribunal Federal.

Conforme a denúncia do procurador da República José Maria Panoeiro, “embora seja legítimo ao cidadão comum restar inconformado com o comportamento de servidores públicos em geral, do presidente da República ao mais simples funcionário passando pelos Ministros das Cortes Superiores, o comportamento do denunciado foi muito além dos limites razoáveis para a crítica”.

Clique aqui para ler a denúncia do MPF

 

Quer conhecer pontos pontos turísticos na America Latina ou em qualquer outro lugar no mundo? Visite nosso site.Compre sua passagem com preços especiais e tranquilidade,  nós recomendamos. hospedagem de qualidade, com todo conforto e com preço justo para qualquer lugar do mundo!  Queremos que conheça as melhores rotas para ir de onde você está para onde você quer chegar de carro,  bicicleta, a pé, avião ou em transporte turístico. Ligue para os lugares que você planeja ir em sua visita para confirmar se estão abertos. Hoje em dia a maioria das pessoas fazem seu seguro viagem para poder viajar com tranquilidade e segurança, e não perca a conexão, nem a oportunidade de enviar em tempo real suas fotos,  clique aqui e viaje conectado.

 

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Sociedade
O que desigualdade, clima e direitos humanos têm a ver com pós-covid?
O que desigualdade, clima e direitos humanos têm a ver com pós-covid?
VISUALIZAR
Sociedade
O tamanho do rombo: militar inativo custa 17 vezes mais que aposentado pelo INSS
O tamanho do rombo: militar inativo custa 17 vezes mais que aposentado pelo INSS
VISUALIZAR
Sociedade
Luciano Hang é condenado a pagar R$ 300 mil por postagens ofensivas à OAB
Luciano Hang é condenado a pagar R$ 300 mil por postagens ofensivas à OAB
VISUALIZAR
Sociedade
Com solos sem nutrientes, Argentina recorre à agroecologia
Com solos sem nutrientes, Argentina recorre à agroecologia
VISUALIZAR
Boa Forma & Saúde
Nem a pandemia consegue frear as emissões no Brasil. O que poderia?
Nem a pandemia consegue frear as emissões no Brasil. O que poderia?
VISUALIZAR
Sociedade
Um oceano saudável pode ajudar a derrotar pandemias
Um oceano saudável pode ajudar a derrotar pandemias
VISUALIZAR