Portal NFL

MENU
Logo
Quinta, 06 de maio de 2021
Publicidade
Publicidade

Política

Joaquim Barbosa articula oposição a Bolsonaro em 2022

Ex-ministro pretende aliar seu nome à esquerda para as eleições presidenciais

239
Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) desde 2014, o ex-ministro Joaquim Barbosa cogita apoio à candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para tirar Bolsonaro da Presidência em 2022.

De acordo com Carolina Brígido, colunista do UOL, Barbosa, que se filiou ao PSB em 2018, articula nos bastidores seu apoio ao líder petista, mesmo duvidando de que ele saia candidato, para a disputa nas eleições de 2022 com uma prioridade em mente: tirar o presidente Jair Bolsonaro do poder.

Barbosa tem sido um crítico ferrenho do atual governo. O jurista avalia apresentar seu nome para fortalecer a esquerda e derrubar o atual presidente nas urnas. Para isso, ele não descarta apoiar Lula.

Mesmo dizendo a interlocutores que não quer se candidatar, o ex-ministro não descarta essa possibilidade totalmente. Uma decisão, porém, já foi tomada: se não for cabeça de chapa, não será vice de ninguém.

A colunista lembra que Barbosa e Lula não são amigos e que um apoio do ex-ministro ao petista seria “irônico”.

– Afinal, em 2012, como relator do mensalão, o ministro votou pela condenação dos principais agentes políticos do governo do petista no maior escândalo de corrupção do país conhecido até então – lembra Carolina.

Clique na Imagem e conheça nossa loja virtual:



Fonte/Créditos: Monique Mello

Créditos (Imagem de capa): Joaquim Barbosa é aposentado do Supremo Tribunal Federal Foto: Agência Brasil

Comentários:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade