Portal NFL

Indígena de 12 anos é encontrada morta com corpo comido por cães

Michele Gonçalves Benites, adolescente de 12 anos, foi encontrada morta na tarde de ontem, na aldeia Bororó, em Dourados.
Indígena de 12 anos é encontrada morta com corpo comido por cães
68

Indígena de 12 anos é encontrada morta com corpo comido por cães

 Michele Gonçalves Benites, adolescente de 12 anos, foi encontrada morta na tarde de ontem, na aldeia Bororó, em Dourados. A menina tinha pelo corpo vários golpes de foice e faca e sinais de abuso sexual. Segundo peritos, a vítima ainda foi atacada por cães que perambulavam pela aldeia e teve parte da cabeça, do pescoço e do peito devorados.

O corpo foi encontrado em uma plantação de milho, já colhida, próximo à escola Agostinho. Um morador da região acionou as lideranças da aldeia, que comunicaram a Polícia Civil.

A jovem saiu de casa na noite de sábado e não voltou mais, segundo a família. A polícia acredita que a menina tenha sido violentada sexualmente e em seguida morta com golpes de foice e faca. Preliminarmente, foram identificados golpes também no braço, o que indica que a menina tentou se defender. As roupas da vítima foram encontradas a 10 metros de distância do corpo.

Outro caso ocorreu em Caarapó no fim da tarde de ontem. O corpor de um índio foi encontrado na aldeia Tey’kue

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

OUVIR NOTÍCIA

 Michele Gonçalves Benites, adolescente de 12 anos, foi encontrada morta na tarde de ontem, na aldeia Bororó, em Dourados. A menina tinha pelo corpo vários golpes de foice e faca e sinais de abuso sexual. Segundo peritos, a vítima ainda foi atacada por cães que perambulavam pela aldeia e teve parte da cabeça, do pescoço e do peito devorados.

O corpo foi encontrado em uma plantação de milho, já colhida, próximo à escola Agostinho. Um morador da região acionou as lideranças da aldeia, que comunicaram a Polícia Civil.

A jovem saiu de casa na noite de sábado e não voltou mais, segundo a família. A polícia acredita que a menina tenha sido violentada sexualmente e em seguida morta com golpes de foice e faca. Preliminarmente, foram identificados golpes também no braço, o que indica que a menina tentou se defender. As roupas da vítima foram encontradas a 10 metros de distância do corpo.

Outro caso ocorreu em Caarapó no fim da tarde de ontem. O corpor de um índio foi encontrado na aldeia Tey’kue

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

América Latina
Deputados do Chile aprovam taxar grandes fortunas para fortalecer combate ao Covid-19
Deputados do Chile aprovam taxar grandes fortunas para fortalecer combate ao Covid-19
VISUALIZAR
Sociedade
Pesquisa mostra recorde de rejeição de Bolsonaro
Pesquisa mostra recorde de rejeição de Bolsonaro
VISUALIZAR
Política
REDE protocola pedido de impeachment de Augusto Heleno na Câmara
REDE protocola pedido de impeachment de Augusto Heleno na Câmara
VISUALIZAR
Sociedade
Homem é preso com nove armas e bandeira nazista em São Paulo
Homem é preso com nove armas e bandeira nazista em São Paulo
VISUALIZAR
Sociedade
Dono do Facebook defende decisão de remover conteúdo falso postado por Bolsonaro
Dono do Facebook defende decisão de remover conteúdo falso postado por Bolsonaro
VISUALIZAR
América Latina
Caso bem-sucedido na América Latina, Uruguai enfrenta covid-19 sem quarentena obrigatória e...
Caso bem-sucedido na América Latina, Uruguai enfrenta covid-19 sem quarentena obrigatória e uso de máscaras
VISUALIZAR