A nova era da informação!

Fidel Castro diz que EUA devem milhões de dólares a Cuba por danos desde fim de 2ª Guerra

Em carta publicada no dia de seu 89º aniversário e na véspera da abertura da embaixada dos EUA em Havana
Fidel Castro diz que EUA devem milhões de dólares a Cuba por danos desde fim de 2ª Guerra
6

Fidel Castro diz que EUA devem milhões de dólares a Cuba por danos desde fim de 2ª Guerra

Por Opera Mundi

Em carta publicada no dia de seu 89º aniversário e na véspera da abertura da embaixada dos EUA em Havana, o líder cubano também desejou a ‘igualdade de todos os cidadãos’.

No dia de seu 89º aniversário, o líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, declarou em artigo publicado nesta quinta-feira (13) que os Estados Unidos devem a Cuba indenizações milionárias pelos danos que sua política causou contra a ilha desde o fim da 2ª Guerra Mundial.

Segundo o ex-presidente cubano, após o conflito, os norte-americanos concentraram “quase todo ouro do mundo” e obtiveram “o melhor armamento da Terra”, mesmo “frente a um mundo destroçado, repleto de mortos, feridos e famintos”.

Neste panorama, Washington tomou decisões econômicas — como nos acordos de Bretton Woods — que favoreceram o país, mas que criaram as “bases de uma crise” que ameaça os países, incluindo EUA e Cuba.

“Devem a Cuba indenizações equivalentes a danos, que chegam a vários milhões de dólares como denunciou nosso país com argumentos e dados irrefutáveis ao longo de suas intervenções nas Nações Unidas”, escreveu Castro.

Intitulada “A realidade e os sonhos” e publicada no jornal oficial Granma, a carta chega à véspera da visita do secretário de Estado norte-americano, John Kerry, a Havana. Na primeira visita de um líder diplomático à ilha em mais de cinquenta anos, Kerry deve hastear a bandeira dos EUA na reabertura da embaixada na capital.

Ainda no artigo, Castro critica o lançamento da bomba atômica dos EUA contra as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, que deixaram quase 250 mil mortos há 70 anos, mesmo quando “o império japonês já estava vencido”.

Na carta escrita antes das celebrações de seu aniversário, o líder cubano também desejou a “ igualdade de todos os cidadãos em relação à saúde, à educação, ao trabalho, à alimentação, à segurança, à cultura, à ciência”. “Não deixaremos nunca de lutar pela paz e pelo bem-estar de todos os seres humanos”, afirmou.

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

OUVIR NOTÍCIA

Em carta publicada no dia de seu 89º aniversário e na véspera da abertura da embaixada dos EUA em Havana, o líder cubano também desejou a ‘igualdade de todos os cidadãos’.

No dia de seu 89º aniversário, o líder da Revolução Cubana, Fidel Castro, declarou em artigo publicado nesta quinta-feira (13) que os Estados Unidos devem a Cuba indenizações milionárias pelos danos que sua política causou contra a ilha desde o fim da 2ª Guerra Mundial.

Segundo o ex-presidente cubano, após o conflito, os norte-americanos concentraram “quase todo ouro do mundo” e obtiveram “o melhor armamento da Terra”, mesmo “frente a um mundo destroçado, repleto de mortos, feridos e famintos”.

Neste panorama, Washington tomou decisões econômicas — como nos acordos de Bretton Woods — que favoreceram o país, mas que criaram as “bases de uma crise” que ameaça os países, incluindo EUA e Cuba.

“Devem a Cuba indenizações equivalentes a danos, que chegam a vários milhões de dólares como denunciou nosso país com argumentos e dados irrefutáveis ao longo de suas intervenções nas Nações Unidas”, escreveu Castro.

Intitulada “A realidade e os sonhos” e publicada no jornal oficial Granma, a carta chega à véspera da visita do secretário de Estado norte-americano, John Kerry, a Havana. Na primeira visita de um líder diplomático à ilha em mais de cinquenta anos, Kerry deve hastear a bandeira dos EUA na reabertura da embaixada na capital.

Ainda no artigo, Castro critica o lançamento da bomba atômica dos EUA contra as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, que deixaram quase 250 mil mortos há 70 anos, mesmo quando “o império japonês já estava vencido”.

Na carta escrita antes das celebrações de seu aniversário, o líder cubano também desejou a “ igualdade de todos os cidadãos em relação à saúde, à educação, ao trabalho, à alimentação, à segurança, à cultura, à ciência”. “Não deixaremos nunca de lutar pela paz e pelo bem-estar de todos os seres humanos”, afirmou.

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

Fonte

Por Opera Mundi

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
PF tem provas de esquema entre Bolsonaro e ministro
PF tem provas de esquema entre Bolsonaro e ministro
VISUALIZAR
Política
Homem preso no caso Marielle tem fotos com Carlos e Jair Bolsonaro
Homem preso no caso Marielle tem fotos com Carlos e Jair Bolsonaro
VISUALIZAR
Política
Filho de Bolsonaro namorou com filha de Ronnie Lessa, admite delegado
Filho de Bolsonaro namorou com filha de Ronnie Lessa, admite delegado
VISUALIZAR
Variedades
Ozônio: A solução para sanitização de Hotéis, Motéis e Pousadas
Ozônio: A solução para sanitização de Hotéis, Motéis e Pousadas
VISUALIZAR
Variedades
Os seus clientes estão reclamando de mau cheiro?
Os seus clientes estão reclamando de mau cheiro?
VISUALIZAR
Variedades
Ozonioterapia Veterinária
Ozonioterapia Veterinária
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )