A nova era da informação!

Em Alta

Entrevista - Mano Beto

O rap está na minha vida desde a infância, quando eu era apenas um moleque que andava de skate e já gostava do bom e velho rap
Entrevista - Mano Beto
52

Entrevista - Mano Beto

Por Amilton Farias / Portal NFL
Portal NFL: Em primeiro lugar um salve aos manos e minas e quero agradecer ao Mano Beto que é o nosso entrevistado de hoje, Bom em primeiro lugar gostaríamos de saber como começou o Rap na sua vida?

Mano Beto: O rap está na minha vida desde a infância, quando eu era apenas um moleque que andava de skate e já gostava do bom e velho rap,aos doze comecei a fazer umas rimas e não parei mais!

Portal NFL: Quais foram os primeiros grupos que voce ouviu que te influênciaram no universo musical?

Mano Beto: Eu ouvia muito Racionais, Consciência Humana, Thaide, Gog, Snj, Rzo e muitos outros estilos também, como blues,  rock, raggae etc… a mistura de todos esses estilos me inspirava a colocar o rap com mais musicalidade, parcerias instrumentais como violão, gaita piano etc..

Portal NFL: O Rap nasceu como voz de protesto, você acredita que ainda continua sendo?

Mano Beto: Sim, é uma forma de expressão muito forte, e creio fielmente que o rap passa informação, por isso temos o dever de passar boas informações.

Portal NFL: Tu ouve rap americano? quem?

Mano Beto: Escuto 2 Ppac, Le Cross, Já Rule, nas antigas ouvia muito House of Pain, Wu Tang, Cipress Hill etc…

Portal NFL: Dizem que o Rap transforma as pessoas? Você foi transformado pelo Rap?

Mano Beto: De certa forma sim, pelos bons raps que passam boas mensagens, comecei a ouvir e isso refletiu na minha vida e em minhas atitudes.

Portal NFL: Qual a sua opinião sobre o movimento do Rap no Paraná?

Mano Beto: Tem muitos grupos bons no Paraná, não deixa desejar em relação ao nível nacional nem mesmo mundial, pelo contrário, temos grupos melhores do que muitos aí a fora.

Portal NFL: Tu acha que os maiores do Rap Nacional se renderam á midia e ao sistema?

Mano Beto: Acho que não, os que tem gosto pelo rap e fazem isso por amor não se vendem, mas dependemos de uma certa forma da mídia como forma de divulgação, mas sempre influenciando e não sendo influenciado.

Portal NFL: E as parcerias? Com quem você já gravou um som e qual a importancia da parceria?

Mano Beto: Já gravei com o mano Edgar MC e fiz parcerias em eventos com outros manos, como o Filo Ataquede letras que é um brother de Curitiba, um evento com o Alx – Eloquentes quando morava aqui em Foz do Iguaçu, tem um vídeo dele que participei que é Alx Holocausto, e vários eventos com manos diversos que muitos nem lembro o nome.

Portal NFL: Voce ja sofreu alguma forma de preconceito?

Mano Beto: Escuto muito dizer que o rap é som de marginal de bandido etc…mas isso não me afeta em nada, pois para mim além de cultura, o rap também resgata e passa boas informações, em tudo existem os bons e maus, quem passa boas informações leva o rap a sério!

Portal NFL: Qual importância da Sua participação do 3º Rap-Tura?

Mano Beto: Eu acho muito bom estar participando em eventos como o Rap-Tura, porque além de ser um espaço de divulgação para o rap nos ajuda a mostrar que o rap é cultura e além disso quem curte rap sempre quer estar envolvido.

Portal NFL: E o futuro? o Que vc tem Preparado?

Mano Beto: Bom, antes de tudo, o futuro a Deus pertence, mas se Ele assim me permitir quero estar sempre lançando novos trabalhos.

Portal NFL: Deixe um salve para o pessoal que gosta do teu trabalho?

Mano Beto: Deixo aqui o meu salveee! à todos os manos e minas que além de curtir um bom rap não somente escutam, mas tem a consciência de que o rap é nossa voz,nossa força e instrumento, contra a opressão e discriminação,além de nos ajudar a prosseguir com a cabeça erguida, pois cada um tem um dom e para muitos esse dom é o rap Salveee!

 

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

OUVIR NOTÍCIA

Portal NFL: Em primeiro lugar um salve aos manos e minas e quero agradecer ao Mano Beto que é o nosso entrevistado de hoje, Bom em primeiro lugar gostaríamos de saber como começou o Rap na sua vida?

Mano Beto: O rap está na minha vida desde a infância, quando eu era apenas um moleque que andava de skate e já gostava do bom e velho rap,aos doze comecei a fazer umas rimas e não parei mais!

Portal NFL: Quais foram os primeiros grupos que voce ouviu que te influênciaram no universo musical?

Mano Beto: Eu ouvia muito Racionais, Consciência Humana, Thaide, Gog, Snj, Rzo e muitos outros estilos também, como blues,  rock, raggae etc… a mistura de todos esses estilos me inspirava a colocar o rap com mais musicalidade, parcerias instrumentais como violão, gaita piano etc..

Portal NFL: O Rap nasceu como voz de protesto, você acredita que ainda continua sendo?

Mano Beto: Sim, é uma forma de expressão muito forte, e creio fielmente que o rap passa informação, por isso temos o dever de passar boas informações.

Portal NFL: Tu ouve rap americano? quem?

Mano Beto: Escuto 2 Ppac, Le Cross, Já Rule, nas antigas ouvia muito House of Pain, Wu Tang, Cipress Hill etc…

Portal NFL: Dizem que o Rap transforma as pessoas? Você foi transformado pelo Rap?

Mano Beto: De certa forma sim, pelos bons raps que passam boas mensagens, comecei a ouvir e isso refletiu na minha vida e em minhas atitudes.

Portal NFL: Qual a sua opinião sobre o movimento do Rap no Paraná?

Mano Beto: Tem muitos grupos bons no Paraná, não deixa desejar em relação ao nível nacional nem mesmo mundial, pelo contrário, temos grupos melhores do que muitos aí a fora.

Portal NFL: Tu acha que os maiores do Rap Nacional se renderam á midia e ao sistema?

Mano Beto: Acho que não, os que tem gosto pelo rap e fazem isso por amor não se vendem, mas dependemos de uma certa forma da mídia como forma de divulgação, mas sempre influenciando e não sendo influenciado.

Portal NFL: E as parcerias? Com quem você já gravou um som e qual a importancia da parceria?

Mano Beto: Já gravei com o mano Edgar MC e fiz parcerias em eventos com outros manos, como o Filo Ataquede letras que é um brother de Curitiba, um evento com o Alx – Eloquentes quando morava aqui em Foz do Iguaçu, tem um vídeo dele que participei que é Alx Holocausto, e vários eventos com manos diversos que muitos nem lembro o nome.

Portal NFL: Voce ja sofreu alguma forma de preconceito?

Mano Beto: Escuto muito dizer que o rap é som de marginal de bandido etc…mas isso não me afeta em nada, pois para mim além de cultura, o rap também resgata e passa boas informações, em tudo existem os bons e maus, quem passa boas informações leva o rap a sério!

Portal NFL: Qual importância da Sua participação do 3º Rap-Tura?

Mano Beto: Eu acho muito bom estar participando em eventos como o Rap-Tura, porque além de ser um espaço de divulgação para o rap nos ajuda a mostrar que o rap é cultura e além disso quem curte rap sempre quer estar envolvido.

Portal NFL: E o futuro? o Que vc tem Preparado?

Mano Beto: Bom, antes de tudo, o futuro a Deus pertence, mas se Ele assim me permitir quero estar sempre lançando novos trabalhos.

Portal NFL: Deixe um salve para o pessoal que gosta do teu trabalho?

Mano Beto: Deixo aqui o meu salveee! à todos os manos e minas que além de curtir um bom rap não somente escutam, mas tem a consciência de que o rap é nossa voz,nossa força e instrumento, contra a opressão e discriminação,além de nos ajudar a prosseguir com a cabeça erguida, pois cada um tem um dom e para muitos esse dom é o rap Salveee!

 

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

Fonte

Por Amilton Farias / Portal NFL

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Rolê na Fronteira
Feira Livre de Trocas da Tríplice Fronteira acontece no domingo, dia 10 de novembro em Foz do...
Feira Livre de Trocas da Tríplice Fronteira acontece no domingo, dia 10 de novembro em Foz do Iguaçu
VISUALIZAR
Sociedade
Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica
Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica
VISUALIZAR
Sociedade
MPPR propõe denúncia por crimes na gestão do transporte em Foz do Iguaçu
MPPR propõe denúncia por crimes na gestão do transporte em Foz do Iguaçu
VISUALIZAR
América Latina
Argentina: Fernández e Kirchner vencem Macri em retomada da esquerda
Argentina: Fernández e Kirchner vencem Macri em retomada da esquerda
VISUALIZAR
América Latina
Bogotá elege Claudia López prefeita, primeira mulher a comandar a capital da Colômbia
Bogotá elege Claudia López prefeita, primeira mulher a comandar a capital da Colômbia
VISUALIZAR
Agenda de Eventos
2ª Marcha da Diversidade e do Orgulho LGBTTQIAP+ da Tríplice Fronteira
2ª  Marcha da Diversidade e do Orgulho LGBTTQIAP+ da Tríplice Fronteira
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )