A nova era da informação!

Em Alta

Compositor do samba enredo da Mangueira, vencedor do Carnaval Carioca, é trabalhador dos Correios

O trabalhador dos Correios Deivid Domênico, de 41 anos, que trabalha de carteiro no CDD Primeiro de Março
Compositor do samba enredo da Mangueira, vencedor do Carnaval Carioca, é trabalhador dos Correios
21

Compositor do samba enredo da Mangueira, vencedor do Carnaval Carioca, é trabalhador dos Correios

Por Diário da Causa Operária

O trabalhador dos Correios Deivid Domênico, de 41 anos, que trabalha de carteiro no CDD Primeiro de Março, centro do RJ,  é o autor do samba-enredo vitorioso da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, campeã do Carnaval 2019 do Rio de Janeiro.

Deivid trabalha nos Correios desde 1997, no cargo de carteiro e também é cantor e compositor, sua segunda atividade.

Ingressou na Escola de samba da Mangueira em 2004, buscando um espaço na ala de compositores.

Em 2015, seu samba foi escolhido pela primeira vez para ser o samba-enredo do desfile da escola no carnaval daquele ano, sob o nome de “Agora chegou a vez, vou cantar: Mulher de Mangueira, Mulher Brasileira em primeiro lugar”  . Porém, nesse ano a escola não foi bem e acabou em 10° Lugar no Carnaval.

Em 2019 novamente Deivid teve seu samba escolhido para ser o samba da Mangueira, e com o samba-enredo “História pra ninar gente grande”, ganhou o Carnaval de 2019 do RJ com méritos, erguendo o público que estava nas arquibancadas do sambódramo.

Dessa vez, Deivid que luta nos Correios contra a privatização da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) política dos golpistas do governo Bolsonaro,  usou a denúncia contra o regime político opressor do capitalismo para mostrar as manipulações da burguesia para enganar o povo, através das mentiras contadas nos livros escolares, como da repressão estatal, através da polícia contra os trabalhadores, negros, mulheres e demais oprimidos. Trazendo a lembrança da morte de Marielle Franco, vereadora assassinada no Rio de Janeiro, há um ano atrás.

Deivid, como milhares de foliões no país, também protagonizou seu momento de luta contra o golpe e em defesa da liberdade de Lula, quando comemorava na quadra da Mangueira, cantando o samba vencedor, recebeu de uma mangueirense uma camiseta de Lula Livre, e sem perder o ritmo, colocou a camisa em seu corpo, mostrando que o Carnaval da Mangueira foi um grande ato político contra Bolsonaro e o atual regime político golpista no Brasil.

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

OUVIR NOTÍCIA

O trabalhador dos Correios Deivid Domênico, de 41 anos, que trabalha de carteiro no CDD Primeiro de Março, centro do RJ,  é o autor do samba-enredo vitorioso da escola de samba Estação Primeira de Mangueira, campeã do Carnaval 2019 do Rio de Janeiro.

Deivid trabalha nos Correios desde 1997, no cargo de carteiro e também é cantor e compositor, sua segunda atividade.

Ingressou na Escola de samba da Mangueira em 2004, buscando um espaço na ala de compositores.

Em 2015, seu samba foi escolhido pela primeira vez para ser o samba-enredo do desfile da escola no carnaval daquele ano, sob o nome de “Agora chegou a vez, vou cantar: Mulher de Mangueira, Mulher Brasileira em primeiro lugar”  . Porém, nesse ano a escola não foi bem e acabou em 10° Lugar no Carnaval.

Em 2019 novamente Deivid teve seu samba escolhido para ser o samba da Mangueira, e com o samba-enredo “História pra ninar gente grande”, ganhou o Carnaval de 2019 do RJ com méritos, erguendo o público que estava nas arquibancadas do sambódramo.

Dessa vez, Deivid que luta nos Correios contra a privatização da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) política dos golpistas do governo Bolsonaro,  usou a denúncia contra o regime político opressor do capitalismo para mostrar as manipulações da burguesia para enganar o povo, através das mentiras contadas nos livros escolares, como da repressão estatal, através da polícia contra os trabalhadores, negros, mulheres e demais oprimidos. Trazendo a lembrança da morte de Marielle Franco, vereadora assassinada no Rio de Janeiro, há um ano atrás.

Deivid, como milhares de foliões no país, também protagonizou seu momento de luta contra o golpe e em defesa da liberdade de Lula, quando comemorava na quadra da Mangueira, cantando o samba vencedor, recebeu de uma mangueirense uma camiseta de Lula Livre, e sem perder o ritmo, colocou a camisa em seu corpo, mostrando que o Carnaval da Mangueira foi um grande ato político contra Bolsonaro e o atual regime político golpista no Brasil.

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

Fonte

Por Diário da Causa Operária

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Rolê na Fronteira
Feira Livre de Trocas da Tríplice Fronteira acontece no domingo, dia 10 de novembro em Foz do...
Feira Livre de Trocas da Tríplice Fronteira acontece no domingo, dia 10 de novembro em Foz do Iguaçu
VISUALIZAR
Sociedade
Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica
Em 6 meses, 35 mil mulheres foram vítimas de violência doméstica
VISUALIZAR
Sociedade
MPPR propõe denúncia por crimes na gestão do transporte em Foz do Iguaçu
MPPR propõe denúncia por crimes na gestão do transporte em Foz do Iguaçu
VISUALIZAR
América Latina
Argentina: Fernández e Kirchner vencem Macri em retomada da esquerda
Argentina: Fernández e Kirchner vencem Macri em retomada da esquerda
VISUALIZAR
América Latina
Bogotá elege Claudia López prefeita, primeira mulher a comandar a capital da Colômbia
Bogotá elege Claudia López prefeita, primeira mulher a comandar a capital da Colômbia
VISUALIZAR
Agenda de Eventos
2ª Marcha da Diversidade e do Orgulho LGBTTQIAP+ da Tríplice Fronteira
2ª  Marcha da Diversidade e do Orgulho LGBTTQIAP+ da Tríplice Fronteira
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )