Portal NFL

Em Alta

Calheiros se diz tranquilo quanto a julgamento

Calheiros: “essa denúncia não envolve dinheiro público, as questões já estão todas explicadas, absolutamente explicadas”
Calheiros se diz tranquilo quanto a julgamento
128

Calheiros se diz tranquilo quanto a julgamento

Calheiros: “essa denúncia não envolve dinheiro público, as questões já estão todas explicadas, absolutamente explicadas”, disse presidente do Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse hoje (4) que todas as questões referentes à denúncia contra ele no Supremo Tribunal Federal, referentes ao caso com a jornalista Mônica Veloso, “já estão explicadas”. O senador mostrou-se confiante em ser inocentado por falta de provas.

“Eu não tenho nenhuma preocupação com relação a isso. Essa denúncia não envolve dinheiro público, as questões já estão todas explicadas, absolutamente explicadas. Eu que pedi a investigação, entreguei todos os meus sigilos, de modo que eu não tenho nenhuma preocupação com relação a isso, absolutamente nenhuma”, afirmou à imprensa.

Nesta terça-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin liberou hoje, para votação pelo plenário da Corte, a denúncia contra o presidente do Senado. Agora cabe à presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, determinar a data da análise da ação.

Segundo o inquérito que tramita no STF desde 2013, Renan usou o lobista de uma empreiteira para pagar pensão a uma filha que teve fora do casamento. O peemedebista também é acusado de ter adulterado documentos para justificar os pagamentos à mãe da criança, a jornalista Mõnica Veloso.

Aos jornalistas, o presidente do Senado lembrou que já foi inocentado em outros processos por falta de provas e disse acreditar que, desta vez, ocorrerá o mesmo. “Acho que vai acontecer com essa denúncia a mesma coisa que aconteceu com outra, em que fui absolvido por falta de provas. E serei absolvido em todas por falta de provas.”

Em fevereiro deste ano, Fachin já tinha pautado a ação para julgamento, mas, no mesmo mês, foi retirada da pauta depois que a defesa de Renan Calheiros apresentou um recurso alegando a existência de uma falha na tramitação do processo.

A ação foi, então. enviada então à Procuradoria-Geral da República para manifestação.

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

OUVIR NOTÍCIA

Calheiros: “essa denúncia não envolve dinheiro público, as questões já estão todas explicadas, absolutamente explicadas”, disse presidente do Senado

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse hoje (4) que todas as questões referentes à denúncia contra ele no Supremo Tribunal Federal, referentes ao caso com a jornalista Mônica Veloso, “já estão explicadas”. O senador mostrou-se confiante em ser inocentado por falta de provas.

“Eu não tenho nenhuma preocupação com relação a isso. Essa denúncia não envolve dinheiro público, as questões já estão todas explicadas, absolutamente explicadas. Eu que pedi a investigação, entreguei todos os meus sigilos, de modo que eu não tenho nenhuma preocupação com relação a isso, absolutamente nenhuma”, afirmou à imprensa.

Nesta terça-feira, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin liberou hoje, para votação pelo plenário da Corte, a denúncia contra o presidente do Senado. Agora cabe à presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia, determinar a data da análise da ação.

Segundo o inquérito que tramita no STF desde 2013, Renan usou o lobista de uma empreiteira para pagar pensão a uma filha que teve fora do casamento. O peemedebista também é acusado de ter adulterado documentos para justificar os pagamentos à mãe da criança, a jornalista Mõnica Veloso.

Aos jornalistas, o presidente do Senado lembrou que já foi inocentado em outros processos por falta de provas e disse acreditar que, desta vez, ocorrerá o mesmo. “Acho que vai acontecer com essa denúncia a mesma coisa que aconteceu com outra, em que fui absolvido por falta de provas. E serei absolvido em todas por falta de provas.”

Em fevereiro deste ano, Fachin já tinha pautado a ação para julgamento, mas, no mesmo mês, foi retirada da pauta depois que a defesa de Renan Calheiros apresentou um recurso alegando a existência de uma falha na tramitação do processo.

A ação foi, então. enviada então à Procuradoria-Geral da República para manifestação.

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Economia
Com R$ 13,7 bi, Bradesco e Itaú lideram lucros, enquanto Petrobras tem prejuízo de R$ 51,5...
Com R$ 13,7 bi, Bradesco e Itaú lideram lucros, enquanto Petrobras tem prejuízo de R$ 51,5 bi na pandemia
VISUALIZAR
Sociedade
Bolsonaro veta auxílio a agricultores familiares
Bolsonaro veta auxílio a agricultores familiares
VISUALIZAR
Política
“Em agenda em Foz do Iguaçu Bolsonaro é recebido com faixa: Por que Michelle recebeu R$ 89...
“Em agenda em Foz do Iguaçu Bolsonaro é recebido com faixa: Por que Michelle recebeu R$ 89 mil do Queiroz?”
VISUALIZAR
Sociedade
Agrotóxico glifosato tem nova condenação nos EUA por causar câncer
Agrotóxico glifosato tem nova condenação nos EUA por causar câncer
VISUALIZAR
Sociedade
'Já deixei de comer, mas não quero que o meu bicho passe fome', diz idosa que apela por...
'Já deixei de comer, mas não quero que o meu bicho passe fome', diz idosa que apela por adoção de seus mais de 20 pets
VISUALIZAR
Sociedade
Moby chama atenção para desmatamento na Amazônia em novo clipe
Moby chama atenção para desmatamento na Amazônia em novo clipe
VISUALIZAR