A nova era da informação!

Bruxas da Noite: Conheça a história das aviadoras soviéticas

As aviadoras do 46º Regimento de Bombardeiro da Guarda Taman para realizar uma missão missão.
Bruxas da Noite: Conheça a história das aviadoras soviéticas
98

Bruxas da Noite: Conheça a história das aviadoras soviéticas

As aviadoras do 46º Regimento de Bombardeiro da Guarda Taman para realizar uma missão missão. Passaram-se noites sem dormir viajando de avião em uma parte da Crimeia abriga algumas das batalhas mais violentas da 2ª Guerra Mundial. A investida alemã na Rússia já durava mais de dois anos. 

O propósito das aviadoras naquela noite era desviar a atenção e abrir caminho para as tropas da marinha soviética. A tenente e comandante russa Nina Raspopova assistiu tudo de sua cabine. Vários compatriotas foram descobertos e mortos, marinheiros sucumbiram nas águas do Mar Negro.

Nina fazia parte de um grupo especial de bombardeio composto por mulheres. O 46º Regimento de Bombardeio da Guarda Taman era formado por voluntárias que atuavam à noite. Elas atacavam depósitos de combustível e munição, pontes, tropas e veículos de suporte. 

Essas mulheres conseguiram provocar estragos importantes nas forças do Reich e receberam o apelido de “Bruxas da Noite”. Muitas delas nunca tinham recebido o treinamento que era necessário, enfrentavam o preconceito dos homens provando sua competência. 

Rotina exaustiva e Marina Raskova O dia a dia dessas aviadoras era desgastante. Elas tinham que se instalar em locais próximos do front. Construíam pequenos aeroportos improvisados já que não havia abrigos antiaéreos, além de precisar passar a noite toda dentro de cabines. Por conta do cansaço, era normal que piloto e navegadora caíssem no sono durante o voo.

Marina Raskova é responsável por conceber e criar os três regimentos (586° Regimento de Caça, 587° Regimento de bombardeio e 46° Regimento de Bombardeio da Guarda). Todos estes regimentos compostos por mulheres receberam as mais altas honrarias do exército russo. 

 

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

OUVIR NOTÍCIA

As aviadoras do 46º Regimento de Bombardeiro da Guarda Taman para realizar uma missão missão. Passaram-se noites sem dormir viajando de avião em uma parte da Crimeia abriga algumas das batalhas mais violentas da 2ª Guerra Mundial. A investida alemã na Rússia já durava mais de dois anos. 

O propósito das aviadoras naquela noite era desviar a atenção e abrir caminho para as tropas da marinha soviética. A tenente e comandante russa Nina Raspopova assistiu tudo de sua cabine. Vários compatriotas foram descobertos e mortos, marinheiros sucumbiram nas águas do Mar Negro.

Nina fazia parte de um grupo especial de bombardeio composto por mulheres. O 46º Regimento de Bombardeio da Guarda Taman era formado por voluntárias que atuavam à noite. Elas atacavam depósitos de combustível e munição, pontes, tropas e veículos de suporte. 

Essas mulheres conseguiram provocar estragos importantes nas forças do Reich e receberam o apelido de “Bruxas da Noite”. Muitas delas nunca tinham recebido o treinamento que era necessário, enfrentavam o preconceito dos homens provando sua competência. 

Rotina exaustiva e Marina Raskova O dia a dia dessas aviadoras era desgastante. Elas tinham que se instalar em locais próximos do front. Construíam pequenos aeroportos improvisados já que não havia abrigos antiaéreos, além de precisar passar a noite toda dentro de cabines. Por conta do cansaço, era normal que piloto e navegadora caíssem no sono durante o voo.

Marina Raskova é responsável por conceber e criar os três regimentos (586° Regimento de Caça, 587° Regimento de bombardeio e 46° Regimento de Bombardeio da Guarda). Todos estes regimentos compostos por mulheres receberam as mais altas honrarias do exército russo. 

 

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
Em meio a cortes, Orçamento destina R$ 4,7 bi de vantagens para militares
Em meio a cortes, Orçamento destina R$ 4,7 bi de vantagens para militares
VISUALIZAR
Educação
Fuga de cérebros: os doutores que preferiram deixar o Brasil para continuar pesquisas em...
Fuga de cérebros: os doutores que preferiram deixar o Brasil para continuar pesquisas em outro país
VISUALIZAR
Sociedade
Uma pequena vitória: Assange removido da solitária
Uma pequena vitória: Assange removido da solitária
VISUALIZAR
Sociedade
Dez fatos sobre o campo de concentração de Auschwitz
Dez fatos sobre o campo de concentração de Auschwitz
VISUALIZAR
Sociedade
Qual a história por trás do massacre de garimpeiros da Ponte de Marabá?
Qual a história por trás do massacre de garimpeiros da Ponte de Marabá?
VISUALIZAR
Sociedade
China diz que coronavírus é contagioso antes de sintomas aparecerem
China diz que coronavírus é contagioso antes de sintomas aparecerem
VISUALIZAR