Portal NFL

Em Alta

Bate-papo literário com Carmen Barudi

Clube de Leitura
Bate-papo literário com Carmen Barudi
350

Bate-papo literário com Carmen Barudi

 

Com um repertório poético e de impacto social, o trabalho de Carmen Barudi na região de Tríplice Fronteira traz para o palco principal as mulheres que a história da guerra entre nossos países apagou. No contexto social no Paraguai, onde a população masculina foi praticamente dizimada em combates, os meninos que restaram passaram a ser tratados como um bem precioso pelas mulheres. Elas, subjugadas pelos costumes e culturas tão enraizadas em seu cotidiano, continuaram com o seu papel servil nessa reconstrução, o que não lhes permitia a oportunidade de se expressarem através de produções. Contudo, trabalhos existem, e pessoas como a escritora em questão, através de relatos de familiares, viagens de exploração e conhecimento acumulado, conseguem trazer à luz essas vozes não ouvidas.

Carmen Barudi é natural de Foz do Iguaçu, Paraná, mas estudou no Paraguai, país de origem de grande parte da sua família. Em 2001, aos 17 anos, recebeu o Prêmio Cataratas de Contos e Poesias – categoria Poeta Revelação de Foz do Iguaçu. É formada em Letras Português / Espanhol,  e é especialista em Linguagem, Cultura e Ensino. Em 4 de outubro de 2006, já cursando Letras, fundou o Grupo Gauche de Literatura, que preside ainda hoje; e em 2008 criou o fanzine literário Quixote, do qual é editora-chefe e que conta com participações de diversos escritores, poetas, ilustradores e profissionais da área. É membro da Academia de Letras de Foz do Iguaçu – Alefi, onde é diretora de eventos na instituição. Traduziu o livro “Raias da Alma”, de sua colega de instituição, a veterana Mapê Carneiro, para o espanhol. Com publicações em blogs e outros fanzines e revistas literárias, destaca-se sua participação na antologia “Mosaico”, da Alefi, em 2014. Em 2015, publica seu primeiro livro de poesias “Vozes da minha janela”, e em 2019 lança seu projeto de pesquisa em formato de livro, O Protagonismo Feminino na História do Paraguai refletido nas canções folclóricas.

Serviço:
DATA E HORÁRIO: 07/12/2019 | 17h às 18h30
LOCAL: Sesc Foz do Iguaçu — Sala de Leitura
ENDEREÇO: Av. Tancredo Neves, 222 Vila - A1
INGRESSOS: Gratuito
SAC SESC FOZ DO IGUAÇU(45) 3576-1300

 

Quer conhecer pontos pontos turísticos na America Latina ou em qualquer outro lugar no mundo? Visite nosso siteCompre sua passagem com preços especiais e tranquilidade,  nós recomendamos. hospedagem de qualidade, com todo conforto e com preço justo para qualquer lugar do mundo!  Queremos que conheça as melhores rotas para ir de onde você está para onde você quer chegar de carro,  bicicleta, a pé, avião ou em transporte turístico. Ligue para os lugares que você planeja ir em sua visita para confirmar se estão abertos. Hoje em dia a maioria das pessoas fazem seu seguro viagem para poder viajar com tranquilidade e segurança, e não perca a conexão, nem a oportunidade de enviar em tempo real suas fotos,  clique aqui e viaje conectado.

OUVIR NOTÍCIA

 

Com um repertório poético e de impacto social, o trabalho de Carmen Barudi na região de Tríplice Fronteira traz para o palco principal as mulheres que a história da guerra entre nossos países apagou. No contexto social no Paraguai, onde a população masculina foi praticamente dizimada em combates, os meninos que restaram passaram a ser tratados como um bem precioso pelas mulheres. Elas, subjugadas pelos costumes e culturas tão enraizadas em seu cotidiano, continuaram com o seu papel servil nessa reconstrução, o que não lhes permitia a oportunidade de se expressarem através de produções. Contudo, trabalhos existem, e pessoas como a escritora em questão, através de relatos de familiares, viagens de exploração e conhecimento acumulado, conseguem trazer à luz essas vozes não ouvidas.

Carmen Barudi é natural de Foz do Iguaçu, Paraná, mas estudou no Paraguai, país de origem de grande parte da sua família. Em 2001, aos 17 anos, recebeu o Prêmio Cataratas de Contos e Poesias – categoria Poeta Revelação de Foz do Iguaçu. É formada em Letras Português / Espanhol,  e é especialista em Linguagem, Cultura e Ensino. Em 4 de outubro de 2006, já cursando Letras, fundou o Grupo Gauche de Literatura, que preside ainda hoje; e em 2008 criou o fanzine literário Quixote, do qual é editora-chefe e que conta com participações de diversos escritores, poetas, ilustradores e profissionais da área. É membro da Academia de Letras de Foz do Iguaçu – Alefi, onde é diretora de eventos na instituição. Traduziu o livro “Raias da Alma”, de sua colega de instituição, a veterana Mapê Carneiro, para o espanhol. Com publicações em blogs e outros fanzines e revistas literárias, destaca-se sua participação na antologia “Mosaico”, da Alefi, em 2014. Em 2015, publica seu primeiro livro de poesias “Vozes da minha janela”, e em 2019 lança seu projeto de pesquisa em formato de livro, O Protagonismo Feminino na História do Paraguai refletido nas canções folclóricas.

Serviço:
DATA E HORÁRIO: 07/12/2019 | 17h às 18h30
LOCAL: Sesc Foz do Iguaçu — Sala de Leitura
ENDEREÇO: Av. Tancredo Neves, 222 Vila - A1
INGRESSOS: Gratuito
SAC SESC FOZ DO IGUAÇU(45) 3576-1300

 

Quer conhecer pontos pontos turísticos na America Latina ou em qualquer outro lugar no mundo? Visite nosso siteCompre sua passagem com preços especiais e tranquilidade,  nós recomendamos. hospedagem de qualidade, com todo conforto e com preço justo para qualquer lugar do mundo!  Queremos que conheça as melhores rotas para ir de onde você está para onde você quer chegar de carro,  bicicleta, a pé, avião ou em transporte turístico. Ligue para os lugares que você planeja ir em sua visita para confirmar se estão abertos. Hoje em dia a maioria das pessoas fazem seu seguro viagem para poder viajar com tranquilidade e segurança, e não perca a conexão, nem a oportunidade de enviar em tempo real suas fotos,  clique aqui e viaje conectado.

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Economia
Com R$ 13,7 bi, Bradesco e Itaú lideram lucros, enquanto Petrobras tem prejuízo de R$ 51,5...
Com R$ 13,7 bi, Bradesco e Itaú lideram lucros, enquanto Petrobras tem prejuízo de R$ 51,5 bi na pandemia
VISUALIZAR
Sociedade
Bolsonaro veta auxílio a agricultores familiares
Bolsonaro veta auxílio a agricultores familiares
VISUALIZAR
Política
“Em agenda em Foz do Iguaçu Bolsonaro é recebido com faixa: Por que Michelle recebeu R$ 89...
“Em agenda em Foz do Iguaçu Bolsonaro é recebido com faixa: Por que Michelle recebeu R$ 89 mil do Queiroz?”
VISUALIZAR
Sociedade
Agrotóxico glifosato tem nova condenação nos EUA por causar câncer
Agrotóxico glifosato tem nova condenação nos EUA por causar câncer
VISUALIZAR
Sociedade
'Já deixei de comer, mas não quero que o meu bicho passe fome', diz idosa que apela por...
'Já deixei de comer, mas não quero que o meu bicho passe fome', diz idosa que apela por adoção de seus mais de 20 pets
VISUALIZAR
Sociedade
Moby chama atenção para desmatamento na Amazônia em novo clipe
Moby chama atenção para desmatamento na Amazônia em novo clipe
VISUALIZAR