A nova era da informação!

Banquete para 400 deputados ofertado por Temer pode ultrapassar 30 milhões de reais, dizem especialistas

Pode até parecer exagero, mas o banquete a ser ofertado hoje (9) por Michel Temer (PMDB) no Palácio do Alvorada para 400
Banquete para 400 deputados ofertado por Temer pode ultrapassar 30 milhões de reais, dizem especialistas
7

Banquete para 400 deputados ofertado por Temer pode ultrapassar 30 milhões de reais, dizem especialistas

Pode até parecer exagero, mas o banquete a ser ofertado hoje (9) por Michel Temer (PMDB) no Palácio do Alvorada para 400 (quatrocentos) deputados governistas se convencerem a aprovar a PEC 241 pode custar mais de 30 milhões de reais aos cofres públicos. Estimativa é feita a partir de ponderações de especialistas em gastronomia e organização de grandes eventos.

“Organizar um jantar para 400 (quatrocentas) pessoas bastante exigentes como nossos parlamentares não é coisa tão simples e nem tampouco barata”, diz Alexandre N Villa, chef de cozinha e especialista em organização de grandes eventos para autoridades.

Villa afirma que iguarias finas normalmente servidas nessas ocasiões custam verdadeiras fortunas. O Almas Caviar, por exemplo, custa 25 mil dólares a latinha. Multiplique por R$ 3,22 (cotação do dólar hoje, 9) e você chega a R$ 80.500 a unidade. “E se cada deputado decidir degustar uma porçãozinha dessas?”, indaga com ironia.

Além de iguarias finas, nesses banquetes também não costuma faltar bebidas caras, principalmente vinhos importados. No site AGAZETA, o enófilo Luiz Cola lista os 50 vinhos mais caros do mundo segundo o Wine Searcher.

Da coleção, deputados menos expressivos poderão apreciar um Domaine Leflaive Montrachet Grand Cru, Cote de Beaune, France. Preço médio da garrafa: 5.726 dólares.

Para os mais chegados do presidente, a pedida pode ser o Henri Jayer Richebourg Grand Cru, Cote de Nuits, France. A garrafa custa a bagatela de 23.941 dólares.

Os deputados certamente não irão se refestelar sozinhos. Levarão esposas(os), namoradas(os), filhos e assessores. Ministros e seus auxiliares também devem estar presentes. Ou seja, a gastança com o dinheiro público de fato será milionária.

Ironicamente, o banquete palaciano tem o fim de convencer os deputados a aprovarem amanhã (10) a PEC 241, que propõe cortes de gastos públicos em setores-chave para a população, como educação e saúde. Um golpe no povo.

 

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

OUVIR NOTÍCIA

Pode até parecer exagero, mas o banquete a ser ofertado hoje (9) por Michel Temer (PMDB) no Palácio do Alvorada para 400 (quatrocentos) deputados governistas se convencerem a aprovar a PEC 241 pode custar mais de 30 milhões de reais aos cofres públicos. Estimativa é feita a partir de ponderações de especialistas em gastronomia e organização de grandes eventos.

“Organizar um jantar para 400 (quatrocentas) pessoas bastante exigentes como nossos parlamentares não é coisa tão simples e nem tampouco barata”, diz Alexandre N Villa, chef de cozinha e especialista em organização de grandes eventos para autoridades.

Villa afirma que iguarias finas normalmente servidas nessas ocasiões custam verdadeiras fortunas. O Almas Caviar, por exemplo, custa 25 mil dólares a latinha. Multiplique por R$ 3,22 (cotação do dólar hoje, 9) e você chega a R$ 80.500 a unidade. “E se cada deputado decidir degustar uma porçãozinha dessas?”, indaga com ironia.

Além de iguarias finas, nesses banquetes também não costuma faltar bebidas caras, principalmente vinhos importados. No site AGAZETA, o enófilo Luiz Cola lista os 50 vinhos mais caros do mundo segundo o Wine Searcher.

Da coleção, deputados menos expressivos poderão apreciar um Domaine Leflaive Montrachet Grand Cru, Cote de Beaune, France. Preço médio da garrafa: 5.726 dólares.

Para os mais chegados do presidente, a pedida pode ser o Henri Jayer Richebourg Grand Cru, Cote de Nuits, France. A garrafa custa a bagatela de 23.941 dólares.

Os deputados certamente não irão se refestelar sozinhos. Levarão esposas(os), namoradas(os), filhos e assessores. Ministros e seus auxiliares também devem estar presentes. Ou seja, a gastança com o dinheiro público de fato será milionária.

Ironicamente, o banquete palaciano tem o fim de convencer os deputados a aprovarem amanhã (10) a PEC 241, que propõe cortes de gastos públicos em setores-chave para a população, como educação e saúde. Um golpe no povo.

 

Clique aqui e conheça a América Latina: 

Cataratas do Iguaçu do Brasil e da Argentina

Conheça o Chile e passe por experiência únicas

Tango, Carne e belezas naturais, a fascinante Argentina

São Paulo um dos maiores centros culturais do mundo!

Uruguay de Punta del Este a Montevidéu um país livre para todos!

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
PF tem provas de esquema entre Bolsonaro e ministro
PF tem provas de esquema entre Bolsonaro e ministro
VISUALIZAR
Política
Homem preso no caso Marielle tem fotos com Carlos e Jair Bolsonaro
Homem preso no caso Marielle tem fotos com Carlos e Jair Bolsonaro
VISUALIZAR
Política
Filho de Bolsonaro namorou com filha de Ronnie Lessa, admite delegado
Filho de Bolsonaro namorou com filha de Ronnie Lessa, admite delegado
VISUALIZAR
Variedades
Ozônio: A solução para sanitização de Hotéis, Motéis e Pousadas
Ozônio: A solução para sanitização de Hotéis, Motéis e Pousadas
VISUALIZAR
Variedades
Os seus clientes estão reclamando de mau cheiro?
Os seus clientes estão reclamando de mau cheiro?
VISUALIZAR
Variedades
Ozonioterapia Veterinária
Ozonioterapia Veterinária
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )