Portal NFL

Em Alta

Alckmin paga R$ 1,5 milhão por anúncios em revistas de candidato do PSDB

O pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB, João Doria Jr., recebeu este valor entre 2014 e abril deste ano
Alckmin paga R$ 1,5 milhão por anúncios em revistas de candidato do PSDB
95

Alckmin paga R$ 1,5 milhão por anúncios em revistas de candidato do PSDB

 O pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB, João Doria Jr., recebeu este valor entre 2014 e abril deste ano, pagos pelo governo estadual.

A gestão tucana de Geraldo Alckmin no governo de São Paulo pagou R$ 1,5 milhão ao empresário e pré-candidato à prefeitura da capital paulista pelo PSDB, João Doria Jr., por anúncios em sete revistas da Doria Editora, entre 2014 e abril deste ano.

Foi pago por um publieditorial, anúncio em formato de reportagem, de nove páginas na revista Caviar Lifestyle, o valor de R$ 501 mil. A revista tem tiragem de 40 mil exemplares.

Em 15 de janeiro, o governo estadual do PSDB repassou R$ 202 mil por um anúncio de quatro páginas na

Capa de uma das revistas da Doria Editora – Reprodução

revista Líderes do Brasil. Já uma publicação de oito páginas na revista Exame custou R$ 292 mil aos cofres públicos.

Em nota ao jornal Folha de São Paulo, o governo do estado de São Paulo disse que as publicidades veiculadas na Doria Editora usam “os mesmos critérios técnicos levaram a iniciativa privada, outros governos estaduais, entidades de classe e também órgãos do governo federal a veicular anúncios em suas publicações”.

Doria, filiado ao PSDB desde 2001, possui uma relação próxima com o governador Geraldo Alckmin, o qual apoiou na campanha à reeleição no último ano.

Ainda de acordo com a Folha, na reta final do primeiro turno dessas eleições, Doria organizou um jantar em homenagem a Alckmin em sua casa, com a presença de figuras ilustres do PSDB, como o senador Aécio Neves (MG) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de empresários que foram ao evento demonstrar apoio ao governador.

Outros eventos relatados pelo jornal também demonstram a proximidade de ambos, como a homenagem feita em maio, em Nova York, pelo empresário a Alckmin em um evento do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), do qual Doria é presidente.

OUVIR NOTÍCIA

 O pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB, João Doria Jr., recebeu este valor entre 2014 e abril deste ano, pagos pelo governo estadual.

A gestão tucana de Geraldo Alckmin no governo de São Paulo pagou R$ 1,5 milhão ao empresário e pré-candidato à prefeitura da capital paulista pelo PSDB, João Doria Jr., por anúncios em sete revistas da Doria Editora, entre 2014 e abril deste ano.

Foi pago por um publieditorial, anúncio em formato de reportagem, de nove páginas na revista Caviar Lifestyle, o valor de R$ 501 mil. A revista tem tiragem de 40 mil exemplares.

Em 15 de janeiro, o governo estadual do PSDB repassou R$ 202 mil por um anúncio de quatro páginas na

Capa de uma das revistas da Doria Editora – Reprodução

revista Líderes do Brasil. Já uma publicação de oito páginas na revista Exame custou R$ 292 mil aos cofres públicos.

Em nota ao jornal Folha de São Paulo, o governo do estado de São Paulo disse que as publicidades veiculadas na Doria Editora usam “os mesmos critérios técnicos levaram a iniciativa privada, outros governos estaduais, entidades de classe e também órgãos do governo federal a veicular anúncios em suas publicações”.

Doria, filiado ao PSDB desde 2001, possui uma relação próxima com o governador Geraldo Alckmin, o qual apoiou na campanha à reeleição no último ano.

Ainda de acordo com a Folha, na reta final do primeiro turno dessas eleições, Doria organizou um jantar em homenagem a Alckmin em sua casa, com a presença de figuras ilustres do PSDB, como o senador Aécio Neves (MG) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de empresários que foram ao evento demonstrar apoio ao governador.

Outros eventos relatados pelo jornal também demonstram a proximidade de ambos, como a homenagem feita em maio, em Nova York, pelo empresário a Alckmin em um evento do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), do qual Doria é presidente.

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Economia
Com R$ 13,7 bi, Bradesco e Itaú lideram lucros, enquanto Petrobras tem prejuízo de R$ 51,5...
Com R$ 13,7 bi, Bradesco e Itaú lideram lucros, enquanto Petrobras tem prejuízo de R$ 51,5 bi na pandemia
VISUALIZAR
Sociedade
Bolsonaro veta auxílio a agricultores familiares
Bolsonaro veta auxílio a agricultores familiares
VISUALIZAR
Política
“Em agenda em Foz do Iguaçu Bolsonaro é recebido com faixa: Por que Michelle recebeu R$ 89...
“Em agenda em Foz do Iguaçu Bolsonaro é recebido com faixa: Por que Michelle recebeu R$ 89 mil do Queiroz?”
VISUALIZAR
Sociedade
Agrotóxico glifosato tem nova condenação nos EUA por causar câncer
Agrotóxico glifosato tem nova condenação nos EUA por causar câncer
VISUALIZAR
Sociedade
'Já deixei de comer, mas não quero que o meu bicho passe fome', diz idosa que apela por...
'Já deixei de comer, mas não quero que o meu bicho passe fome', diz idosa que apela por adoção de seus mais de 20 pets
VISUALIZAR
Sociedade
Moby chama atenção para desmatamento na Amazônia em novo clipe
Moby chama atenção para desmatamento na Amazônia em novo clipe
VISUALIZAR