A nova era da informação!

Alckmin paga R$ 1,5 milhão por anúncios em revistas de candidato do PSDB

O pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB, João Doria Jr., recebeu este valor entre 2014 e abril deste ano
Alckmin paga R$ 1,5 milhão por anúncios em revistas de candidato do PSDB
7

Alckmin paga R$ 1,5 milhão por anúncios em revistas de candidato do PSDB

 O pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB, João Doria Jr., recebeu este valor entre 2014 e abril deste ano, pagos pelo governo estadual.

A gestão tucana de Geraldo Alckmin no governo de São Paulo pagou R$ 1,5 milhão ao empresário e pré-candidato à prefeitura da capital paulista pelo PSDB, João Doria Jr., por anúncios em sete revistas da Doria Editora, entre 2014 e abril deste ano.

Foi pago por um publieditorial, anúncio em formato de reportagem, de nove páginas na revista Caviar Lifestyle, o valor de R$ 501 mil. A revista tem tiragem de 40 mil exemplares.

Em 15 de janeiro, o governo estadual do PSDB repassou R$ 202 mil por um anúncio de quatro páginas na

Capa de uma das revistas da Doria Editora – Reprodução

revista Líderes do Brasil. Já uma publicação de oito páginas na revista Exame custou R$ 292 mil aos cofres públicos.

Em nota ao jornal Folha de São Paulo, o governo do estado de São Paulo disse que as publicidades veiculadas na Doria Editora usam “os mesmos critérios técnicos levaram a iniciativa privada, outros governos estaduais, entidades de classe e também órgãos do governo federal a veicular anúncios em suas publicações”.

Doria, filiado ao PSDB desde 2001, possui uma relação próxima com o governador Geraldo Alckmin, o qual apoiou na campanha à reeleição no último ano.

Ainda de acordo com a Folha, na reta final do primeiro turno dessas eleições, Doria organizou um jantar em homenagem a Alckmin em sua casa, com a presença de figuras ilustres do PSDB, como o senador Aécio Neves (MG) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de empresários que foram ao evento demonstrar apoio ao governador.

Outros eventos relatados pelo jornal também demonstram a proximidade de ambos, como a homenagem feita em maio, em Nova York, pelo empresário a Alckmin em um evento do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), do qual Doria é presidente.

OUVIR NOTÍCIA

 O pré-candidato à prefeitura de São Paulo pelo PSDB, João Doria Jr., recebeu este valor entre 2014 e abril deste ano, pagos pelo governo estadual.

A gestão tucana de Geraldo Alckmin no governo de São Paulo pagou R$ 1,5 milhão ao empresário e pré-candidato à prefeitura da capital paulista pelo PSDB, João Doria Jr., por anúncios em sete revistas da Doria Editora, entre 2014 e abril deste ano.

Foi pago por um publieditorial, anúncio em formato de reportagem, de nove páginas na revista Caviar Lifestyle, o valor de R$ 501 mil. A revista tem tiragem de 40 mil exemplares.

Em 15 de janeiro, o governo estadual do PSDB repassou R$ 202 mil por um anúncio de quatro páginas na

Capa de uma das revistas da Doria Editora – Reprodução

revista Líderes do Brasil. Já uma publicação de oito páginas na revista Exame custou R$ 292 mil aos cofres públicos.

Em nota ao jornal Folha de São Paulo, o governo do estado de São Paulo disse que as publicidades veiculadas na Doria Editora usam “os mesmos critérios técnicos levaram a iniciativa privada, outros governos estaduais, entidades de classe e também órgãos do governo federal a veicular anúncios em suas publicações”.

Doria, filiado ao PSDB desde 2001, possui uma relação próxima com o governador Geraldo Alckmin, o qual apoiou na campanha à reeleição no último ano.

Ainda de acordo com a Folha, na reta final do primeiro turno dessas eleições, Doria organizou um jantar em homenagem a Alckmin em sua casa, com a presença de figuras ilustres do PSDB, como o senador Aécio Neves (MG) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, além de empresários que foram ao evento demonstrar apoio ao governador.

Outros eventos relatados pelo jornal também demonstram a proximidade de ambos, como a homenagem feita em maio, em Nova York, pelo empresário a Alckmin em um evento do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), do qual Doria é presidente.

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Política
PF tem provas de esquema entre Bolsonaro e ministro
PF tem provas de esquema entre Bolsonaro e ministro
VISUALIZAR
Política
Homem preso no caso Marielle tem fotos com Carlos e Jair Bolsonaro
Homem preso no caso Marielle tem fotos com Carlos e Jair Bolsonaro
VISUALIZAR
Política
Filho de Bolsonaro namorou com filha de Ronnie Lessa, admite delegado
Filho de Bolsonaro namorou com filha de Ronnie Lessa, admite delegado
VISUALIZAR
Variedades
Ozônio: A solução para sanitização de Hotéis, Motéis e Pousadas
Ozônio: A solução para sanitização de Hotéis, Motéis e Pousadas
VISUALIZAR
Variedades
Os seus clientes estão reclamando de mau cheiro?
Os seus clientes estão reclamando de mau cheiro?
VISUALIZAR
Variedades
Ozonioterapia Veterinária
Ozonioterapia Veterinária
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )